Especialização | Pós-Graduação em Psicologia do Trânsito | POSFG

Curso Livre ou de Aperfeiçoamento em Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de especialização, com excelência devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação e em conformidade com a Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, o Decreto nº. 5.622, de 19 de dezembro de 2005, o Decreto nº. 9.057, de 25 de maio de 2017, a Resolução MEC/CNE/CES nº. 01, de 08 de junho de 2007, a Resolução MEC/CNE/CES nº. 02, de 02 de fevereiro de 2014, a Resolução MEC/CNE/CES nº. 01, de março de 2016, a Portaria Normativa nº. 11, de 20 de junho de 2017 e as Notas Técnicas MEC/CNE/CES nº. 386 e nº. 388, ambas de 21 de junho de 2013.

Logo MEC

MATRICULE-SE JÁ E GANHE UM CURSO LIVRE EAD!

Este Curso Livre ou de Aperfeiçoamento em Pós-Graduação Lato Sensu possui turmas confirmadas e com início imediato*. Fale conosco e informe-se sobre disponibilidade de vagas, locais, cronograma de aulas e valor de investimento!

* Informação sujeita à confirmação.

Apresentação

O Curso de Especialização em Psicologia do Trânsito atende, plenamente, todo o Programa para Avaliação de Conhecimentos, exigido pela Prova de Títulos, para a obtenção do Título de Especialista em Psicologia do Trânsito pelo CFP. Além disto, as aulas do presente Curso de Pós-Graduação Lato Sensu são ministradas por psicólogos do trânsito, portadores do Título de Especialista em Psicologia do Trânsito pelo CFP.

Manifestação de Interesse

O presente Curso está devidamente reconhecido pelo Ministério de Educação, é destinado aos profissionais graduados na área. O curso visa a formar profissionais capacitados para atuarem na área da psicologia do trânsito. Capacitar e permitir o aprimoramento de psicólogos para a realização do exame de aptidão psicológica para condutores e candidatos a condutores, exigido pelo Código de Trânsito Brasileiro. Ademais, também visa a capacitar e aprimorar psicólogos para atuar em perícias de trânsito, propiciar aos psicólogos o desenvolvimento de capacidades e de habilidades relativas à avaliação psicológica no trânsito, assim como para o desenvolvimento de ações qualificadas da psicologia, voltadas à segurança da mobilidade humana no trânsito e para o desenvolvimento de atitudes éticas e críticas em relação à segurança no trânsito.

  • Teoria geral da psicologia do trânsito
  • Direito do trânsito
  • Engenharia e segurança no trânsito
  • Bioética
  • Bioestatística
  • Ética no trânsito
  • Educação para a segurança no trânsito
  • Normas e procedimentos da avaliação psicológica
  • Perícia e elaboração de documentos
  • PMK: psicodiagnóstico miocinético
  • Práticas supervisionadas em psicologia do trânsito
  • Psicologia da personalidade
  • Psicologia social e mobilidade humana
  • Psicopatologia e comportamento
  • Testes projetivos
  • Testes psicológicos e sua aplicabilidade no trânsito
  • Testes psicométricos
  • Medidas e equipamentos de segurança
  • Didática de ensino superior
  • Metodologia da pesquisa científica
  • Seminário de socialização dos TCC’s

Ao concluir a presente especialização, este profissional estará plenamente apto a atuar na área, além de poder abrir seu próprio consultório ou clínica. Poderá também lecionar em universidades, exercer a função de pesquisador em institutos ou combinar mais de uma dessas atividades. No setor público, poderá participar de concursos públicos, conforme edital dos mesmos.
Levantamentos efetuados anualmente pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), entre 1997 e 2009, apontam a ocorrência de mais de 20 mil mortes por ano em acidentes de trânsito no Brasil. O número de pessoas envolvidas nos acidentes chega a 300 mil. Neste contexto, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) determinou que, a partir de 15 de fevereiro de 2013 serão credenciados apenas os psicólogos portadores de Título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo CFP. A partir da Resolução CFP nº. 013/07, que determina que todos os cursos credenciados tenham, no mínimo, 500 horas/aula, a POSFG, seguindo as orientações para o credenciamento, encaminhará o curso para reconhecimento após a conclusão da 1ª turma, conforme Resolução.
Por outro lado, os profissionais de Psicologia devem estar sempre em contínua atualização e preparação para o exercício da profissão. Para tanto, este presente Curso de Especialização tem o objetivo de formar profissionais para o desenvolvimento de ações qualificadas, nas diversas áreas da Psicologia do Trânsito, reconhecida pelo Código Brasileiro de Ocupações – CBO do Ministério do Trabalho, sob nº 2515-35/2002, 074.45/1992, em especial, pesquisa bibliográfica e de campo, trabalho em grupo multidisciplinar , realização de documentos da psicologia. E, ao mesmo tempo, proporcionar uma visão técnica e prática da aplicação concreta, ética, e de qualidade do Exame da Avaliação Psicológica, constante na Resolução nº. 267/2008 e 283/2008 do CONTRAN, suas especificações nesta área, como peritos examinadores de trânsito e dando cumprimento às normas e resoluções editadas pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP. Pretende-se também, através deste curso, atender aos princípios da Política Nacional de Trânsito, propiciando que os Psicólogos cumpram a Resolução CONTRAN nº. 283 de 01 de julho de 2008 e obtenham o Título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido do pelo CFP.
Logo, a partir de 15 de fevereiro de 2013, somente poderão ser credenciados ao DETRAN para trabalhar em Centros de Formação de Condutores os psicólogos que possuírem o título de Especialista em Psicologia de Trânsito. A alteração nas exigências do credenciamento decorre da Resolução 283/08 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que estabeleceu condições e prazos.
O título pode ser obtido de três maneiras: concluindo-se curso de Especialização em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo MEC e pelo Conselho Federal de Psicologia, curso em nível de pós-graduação com mínimo de 360 horas/aula ou realizando-se Concurso de Provas e Títulos para Concessão do Título de Especialista em Psicologia de Trânsito, promovido pelo CFP. Para obter o título através do concurso, um dos requisitos é experiência mínima de dois anos na área do trânsito.
A Resolução determina que, a partir de 2013, todo Psicólogo, já atuante e/ou que deseja atuar na área, para credenciar-se junto no DETRAN – Departamento Estadual de Trânsito, e atuar no setor de Avaliação Psicológica para Motoristas, terá que possuir o título de Especialista em Psicologia do Trânsito, oferecido somente por IES devidamente reconhecidas pelo MEC.
O presente Curso de Especialização possibilita a inserção do Psicólogo no mercado de trabalho, ampliando oportunidades de carreira, em diversos segmentos, permitindo atuar em órgãos governamentais, em políticas públicas de prevenção e redução de acidentes de trânsito, educação para o trânsito, em escolas, sindicatos de motoristas e/ou motociclistas como também na área da saúde, em clínicas de reabilitação, luto familiar, entre outros.
São atribuições do Psicólogo Especialista em Psicologia de Trânsito, segundo a Resolução CFP nº. 013/2007:
(A) Procede ao estudo no campo dos processos psicológicos, psicossociais e psicofísicos relacionados aos problemas de trânsito; realiza diagnóstico da estrutura dinâmica dos indivíduos e grupos nos aspectos afetivos, cognitivos e comportamentais;
(B) Colabora na elaboração e implantação de ações de engenharia e operação de tráfego;
(C) Desenvolve ações socioeducativas com pedestres, ciclistas, condutores infratores e outros usuários da via;
(D) Desenvolve ações educativas com: diretores e instrutores dos Centros de Formação de Condutores, examinadores de trânsito e professores dos diferentes níveis de ensino;
(E) Realiza pesquisas científicas no campo dos processos psicológicos, psicossociais e psicofísicos, para elaboração e implantação de programas de saúde, educação e segurança do trânsito;
(F) Realiza avaliação psicológica em condutores e candidatos à carteira de habilitação; participa de equipes multiprofissionais no planejamento e realização das políticas de segurança para o trânsito;
(G) Analisa os acidentes de trânsito, considerando os diferentes fatores envolvidos para sugerir formas de evitar e/ou atenuar as suas incidências;
(H) Elabora laudos, pareceres psicológicos, relatórios técnicos e científicos; desenvolve estudos sobre o fator humano para favorecer a elaboração e aplicação de medidas de segurança;
(I) Elabora e aplica técnicas de mensuração das aptidões, habilidades e capacidades psicológicas dos condutores e candidatos à habilitação, atuando em equipes multiprofissionais, para aplicar os métodos psicotécnicos de diagnóstico;
(J) Dialoga com os profissionais da área médica e da educação (instrutores, professores e examinadores) por meio de estudos de caso de candidatos à Carteira Nacional de Habilitação;
(K) Desenvolve estudos de campo e em laboratório, do comportamento individual e coletivo em diferentes situações no trânsito para sugerir medidas preventivas;
(L) Estuda os efeitos psicológicos do uso de drogas e outras substâncias químicas na situação de trânsito;
(M) Presta assessoria e consultoria a órgãos públicos e privados nas questões relacionadas ao trânsito e transporte; e
(N) Atua como perito em exames de habilitação, reabilitação ou readaptação profissional.

Leandro Nicaretta
Coordenador

+ Objetivos

O presente Curso está devidamente reconhecido pelo Ministério de Educação, é destinado aos profissionais graduados na área. O curso visa a formar profissionais capacitados para atuarem na área da psicologia do trânsito. Capacitar e permitir o aprimoramento de psicólogos para a realização do exame de aptidão psicológica para condutores e candidatos a condutores, exigido pelo Código de Trânsito Brasileiro. Ademais, também visa a capacitar e aprimorar psicólogos para atuar em perícias de trânsito, propiciar aos psicólogos o desenvolvimento de capacidades e de habilidades relativas à avaliação psicológica no trânsito, assim como para o desenvolvimento de ações qualificadas da psicologia, voltadas à segurança da mobilidade humana no trânsito e para o desenvolvimento de atitudes éticas e críticas em relação à segurança no trânsito.

+ Disciplinas
  • Teoria geral da psicologia do trânsito
  • Direito do trânsito
  • Engenharia e segurança no trânsito
  • Bioética
  • Bioestatística
  • Ética no trânsito
  • Educação para a segurança no trânsito
  • Normas e procedimentos da avaliação psicológica
  • Perícia e elaboração de documentos
  • PMK: psicodiagnóstico miocinético
  • Práticas supervisionadas em psicologia do trânsito
  • Psicologia da personalidade
  • Psicologia social e mobilidade humana
  • Psicopatologia e comportamento
  • Testes projetivos
  • Testes psicológicos e sua aplicabilidade no trânsito
  • Testes psicométricos
  • Medidas e equipamentos de segurança
  • Didática de ensino superior
  • Metodologia da pesquisa científica
  • Seminário de socialização dos TCC’s
+ Saiba Mais

Ao concluir a presente especialização, este profissional estará plenamente apto a atuar na área, além de poder abrir seu próprio consultório ou clínica. Poderá também lecionar em universidades, exercer a função de pesquisador em institutos ou combinar mais de uma dessas atividades. No setor público, poderá participar de concursos públicos, conforme edital dos mesmos.
Levantamentos efetuados anualmente pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), entre 1997 e 2009, apontam a ocorrência de mais de 20 mil mortes por ano em acidentes de trânsito no Brasil. O número de pessoas envolvidas nos acidentes chega a 300 mil. Neste contexto, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) determinou que, a partir de 15 de fevereiro de 2013 serão credenciados apenas os psicólogos portadores de Título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo CFP. A partir da Resolução CFP nº. 013/07, que determina que todos os cursos credenciados tenham, no mínimo, 500 horas/aula, a POSFG, seguindo as orientações para o credenciamento, encaminhará o curso para reconhecimento após a conclusão da 1ª turma, conforme Resolução.
Por outro lado, os profissionais de Psicologia devem estar sempre em contínua atualização e preparação para o exercício da profissão. Para tanto, este presente Curso de Especialização tem o objetivo de formar profissionais para o desenvolvimento de ações qualificadas, nas diversas áreas da Psicologia do Trânsito, reconhecida pelo Código Brasileiro de Ocupações – CBO do Ministério do Trabalho, sob nº 2515-35/2002, 074.45/1992, em especial, pesquisa bibliográfica e de campo, trabalho em grupo multidisciplinar , realização de documentos da psicologia. E, ao mesmo tempo, proporcionar uma visão técnica e prática da aplicação concreta, ética, e de qualidade do Exame da Avaliação Psicológica, constante na Resolução nº. 267/2008 e 283/2008 do CONTRAN, suas especificações nesta área, como peritos examinadores de trânsito e dando cumprimento às normas e resoluções editadas pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP. Pretende-se também, através deste curso, atender aos princípios da Política Nacional de Trânsito, propiciando que os Psicólogos cumpram a Resolução CONTRAN nº. 283 de 01 de julho de 2008 e obtenham o Título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido do pelo CFP.
Logo, a partir de 15 de fevereiro de 2013, somente poderão ser credenciados ao DETRAN para trabalhar em Centros de Formação de Condutores os psicólogos que possuírem o título de Especialista em Psicologia de Trânsito. A alteração nas exigências do credenciamento decorre da Resolução 283/08 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que estabeleceu condições e prazos.
O título pode ser obtido de três maneiras: concluindo-se curso de Especialização em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo MEC e pelo Conselho Federal de Psicologia, curso em nível de pós-graduação com mínimo de 360 horas/aula ou realizando-se Concurso de Provas e Títulos para Concessão do Título de Especialista em Psicologia de Trânsito, promovido pelo CFP. Para obter o título através do concurso, um dos requisitos é experiência mínima de dois anos na área do trânsito.
A Resolução determina que, a partir de 2013, todo Psicólogo, já atuante e/ou que deseja atuar na área, para credenciar-se junto no DETRAN – Departamento Estadual de Trânsito, e atuar no setor de Avaliação Psicológica para Motoristas, terá que possuir o título de Especialista em Psicologia do Trânsito, oferecido somente por IES devidamente reconhecidas pelo MEC.
O presente Curso de Especialização possibilita a inserção do Psicólogo no mercado de trabalho, ampliando oportunidades de carreira, em diversos segmentos, permitindo atuar em órgãos governamentais, em políticas públicas de prevenção e redução de acidentes de trânsito, educação para o trânsito, em escolas, sindicatos de motoristas e/ou motociclistas como também na área da saúde, em clínicas de reabilitação, luto familiar, entre outros.
São atribuições do Psicólogo Especialista em Psicologia de Trânsito, segundo a Resolução CFP nº. 013/2007:
(A) Procede ao estudo no campo dos processos psicológicos, psicossociais e psicofísicos relacionados aos problemas de trânsito; realiza diagnóstico da estrutura dinâmica dos indivíduos e grupos nos aspectos afetivos, cognitivos e comportamentais;
(B) Colabora na elaboração e implantação de ações de engenharia e operação de tráfego;
(C) Desenvolve ações socioeducativas com pedestres, ciclistas, condutores infratores e outros usuários da via;
(D) Desenvolve ações educativas com: diretores e instrutores dos Centros de Formação de Condutores, examinadores de trânsito e professores dos diferentes níveis de ensino;
(E) Realiza pesquisas científicas no campo dos processos psicológicos, psicossociais e psicofísicos, para elaboração e implantação de programas de saúde, educação e segurança do trânsito;
(F) Realiza avaliação psicológica em condutores e candidatos à carteira de habilitação; participa de equipes multiprofissionais no planejamento e realização das políticas de segurança para o trânsito;
(G) Analisa os acidentes de trânsito, considerando os diferentes fatores envolvidos para sugerir formas de evitar e/ou atenuar as suas incidências;
(H) Elabora laudos, pareceres psicológicos, relatórios técnicos e científicos; desenvolve estudos sobre o fator humano para favorecer a elaboração e aplicação de medidas de segurança;
(I) Elabora e aplica técnicas de mensuração das aptidões, habilidades e capacidades psicológicas dos condutores e candidatos à habilitação, atuando em equipes multiprofissionais, para aplicar os métodos psicotécnicos de diagnóstico;
(J) Dialoga com os profissionais da área médica e da educação (instrutores, professores e examinadores) por meio de estudos de caso de candidatos à Carteira Nacional de Habilitação;
(K) Desenvolve estudos de campo e em laboratório, do comportamento individual e coletivo em diferentes situações no trânsito para sugerir medidas preventivas;
(L) Estuda os efeitos psicológicos do uso de drogas e outras substâncias químicas na situação de trânsito;
(M) Presta assessoria e consultoria a órgãos públicos e privados nas questões relacionadas ao trânsito e transporte; e
(N) Atua como perito em exames de habilitação, reabilitação ou readaptação profissional.

+ E-mec
+ Coordenador

Leandro Nicaretta
Coordenador

Detalhes

  • CERTIFICADO COM VALIDADE NACIONAL
  • RECONHECIDA EXCELÊNCIA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
  • OUTORGA TÍTULO ACADÊMICO DE ESPECIALISTA
  • HABILITA AO PLENO EXERCÍCIO PROFISSIONAL NA ÁREA
  • CORPO DOCENTE 100% COMPOSTO POR DOUTORES E MESTRES
  • AVANÇADO SISTEMA VIRTUAL DE APRENDIZAGEM
  • SUPORTE PEDAGÓGICO 24HS
  • ENCONTROS PRESENCIAIS SEMANAIS, MENSAIS OU BIMESTRAIS AOS FINAIS DE SEMANA
  • CARGA HORÁRIA: 552 HORAS/AULA
  • ESTÁGIO: 120 HORAS

Inscreva-se Já

Nossa equipe está pronta para atender

Conheça Nossas Unidades

Possuímos polos nas principais cidades do país

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp