Medicina do Trabalho terá sete novas turmas

Publicado em 08/12/17

A POSFG está com inscrições abertas para novas turmas de Pós-Graduação Lato Sensu Medicina do Trabalho em Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Belém (PA), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS). O início das aulas deve acontecer no início de 2018. Os encontros serão a cada dois meses, sempre aos finais de semana. As outras capitais brasileiras também têm possibilidade de abertura de turma no próximo ano.

Inscreva-se aqui ou entre em contato pelo 0800 600 3720.

A Medicina do Trabalho é um novo e promissor campo de atuação profissional para os médicos. As perícias médicas na Justiça do Trabalho são destaques dentro das disciplinas do curso.

As formações da POSFG são devidamente reconhecidas pelo Ministério da Educação e são destinados para profissionais graduados na área das Ciências Médicas. A formação acontece através de fundamentos teóricos e simulados e a carga horária é de 432 h/aula. Para atender aos alunos, a instituição disponibiliza de suporte pedagógico durante 24 horas por dia. O corpo docente da especialização acadêmica é composto essencialmente por professores com grau de especialistas, mestres e/ou doutores.

O curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Medicina do Trabalho busca capacitar profissionais para atuar com as complexidades inerentes da especialidade, promovendo assim uma melhor qualidade dos serviços médicos prestados. A formação é uma importante fonte de conhecimento para os médicos que já atuam, ou pretendem atuar, no campo da saúde do trabalho.

A primeira aula do curso traz a disciplina ‘Dúvidas acerca do exercício da Medicina do Trabalho’, buscando, além da apresentação de tópicos sobre a profissão, sanar todas as dúvidas sobre a legalidade do curso, atuação profissional do médico dentro da saúde ocupacional, pré-requisitos para realização da prova de título de especialista, entre outros.

O curso prepara ainda para a prova de admissão da ANAMT. Portanto, visa a aprofundar conhecimentos na área da Medicina do Trabalho, de forma a capacitar os médicos para o desenvolvimento das seguintes competências necessárias para o exercício da especialidade:

  1. Compreender as relações sociais que determinam a organização dos processos produtivos e suas consequências sobre a saúde dos trabalhadores, consumidores e sobre o ambiente;
  2. Elaborar e implementar programas de promoção da saúde dos trabalhadores;
  3. Realizar prevenção, diagnóstico e tratamento de acidentes do trabalho e de doenças do trabalho;
  4. Realizar prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças relacionadas ao trabalho;
  5. Reconhecer os fatores de risco para a saúde presentes no trabalho;
  6. Formular e implementar políticas e gerenciar as ações de Saúde do Trabalhador;
  7. Planejar e desenvolver programas, atividades e ações de Vigilância da Saúde no Trabalho;
  8. Avaliar a capacidade para o trabalho em situações periciais;
  9. Estabelecer o nexo e ou relação entre a doença e as condições de trabalho;
  10. Produzir e divulgar conhecimentos técnico-científicos em saúde e trabalho;
  11. Elaborar protocolos e normas de procedimentos em saúde e trabalho;
  12. Assumir a condução de seu próprio processo de educação permanente.

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp