Dia do Obstetra: conheça o mercado de trabalho da especialidade

12/04/2019

 

Este é um dos profissionais mais importantes para a saúde da mulher. O médico dessa especialidade possui grande influência no processo de desenvolvimento do corpo de mulheres, adultas, crianças e idosas.

Estes são os profissionais que a maioria das mulheres tem contato com maior periodicidade durante grande parte da vida e é da responsabilidade deste profissional ter atenção nas relações com a família, trabalho, lazer, incluindo a vivência da sexualidade.

Hoje, de acordo com dados do estudo “Demografia Médica no Brasil”, existem mais de 28 mil ginecologistas e obstetras atuando em território nacional. A grande procura por esse profissional se deve a disseminação de informação e a busca por cuidados a saúde que pessoas do sexo feminino buscam.

Com informações coletadas no portal Pebemed, montamos um texto no qual você poderá conhecer um pouco mais sobre o mercado de trabalho desta especialidade:

1 – O que é?

A Ginecologia é a especialidade que cuida das doenças do sistema reprodutor feminino, e Obstetrícia a especialidade que acompanha a mulher durante o ciclo gravídico-puerperal, ou seja, gestação, parto e pós-parto. Quando se fala de uma medicina humana e voltada para o cuidado integral, essa especialidade tem a responsabilidade do cuidado da saúde da mulher incluindo infância, puberdade, vida adulta e terceira idade.

Especialidade ampla onde pode-se desenvolver atividades públicas e privadas, que vão de consultas de rotina para prevenção a diagnóstico e tratamento de doenças, realização de exames como ultrassonografia e colposcopia, abordagem cirúrgica de todo aparelho reprodutor via abdominal e via vaginal, além da reprodução humana em casos de infertilidade e oncoginecologia. A área de atuação é bastante variada, atendendo desde o perfil de médico voltado mais para parte clínica até o que prefere a cirúrgica.

2 – Como é o dia a dia?

O dia a dia do ginecologista envolve acompanhamento em consultório de mulheres da infância à velhice, onde também podemos realizar pequenos procedimentos como inserção de DIU e implantes contraceptivos, biopsias. Para os que realizam cirurgia ginecológica, o centro cirúrgico permite cirurgias abertas convencionais, endoscópicas (laparoscopia e histeroscopia), incluindo ainda uroginecologia com correções de prolapsos incontinência e a parte estética, bastante procurada atualmente.

Para o obstetra o dia a dia é menos previsível, com emergências e possibilidade de parto vaginal a qualquer momento e a maioria dos médicos dessa especialidade passam a vida em plantões.

3) Oportunidades de trabalho:

Consultório voltado para saúde da mulher e pré-natal, clínicas de imagem com ultrassonografia ginecológica e obstétrica, clínicas de reprodução humana, hospitais públicos e privados, centro cirúrgico para procedimentos ginecológicos, parto vaginal e cesariana de pacientes particulares e plantão obstétrico no público e no privado.

4) Curiosidades:

– Algumas mulheres imaginam que se encontrarmos com ela fora do consultório imediatamente vamos lembrar e julgar o formato da vulva/vagina dela, o que não acontece.

– Por ser o ginecologista o profissional que a mulher tem contato frequente gerando intimidade, é bastante comum queixas relacionadas a vida cotidiana dos relacionamentos e sexualidade. É importante perceber que a consulta não é um bate-papo de bar onde damos nossa opinião baseado no que vivemos. Precisamos estudar a fundo os assuntos que pretendemos trabalhar. Ter na equipe um psicólogo e outros profissionais da área de saúde ajuda bastante.

5) Área de atuação:

Como mencionado anteriormente, área de atuação é bastante variada. O especialista pode desenvolver atividades públicas e privadas, que vão de consultas de rotina para prevenção a diagnóstico e tratamento de doenças, realização de exames, abordagem cirúrgica, além da reprodução humana.

  • Lembre-se: para intitular-se especialista o médico precisa preencher todos os pré-requisitos e ser aprovado na prova de títulos da especialidade.

Fonte: Pebemed

 

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp