Manaus pode ter atingido imunidade de rebanho, segundo estudo

23/09/2020

Uma pesquisa coordenada pela FM-USP, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), revelou que, quando a cidade de Manaus (AM) vivenciou o pico da epidemia de covid-19, no mês de maio, 45,9% da população local já havia contraído o novo coronavírus em algum momento.

Segundo os autores do estudo, embora intervenções não farmacêuticas e uma mudança no comportamento da população possam ter ajudado a conter a transmissão do vírus, a alta taxa de infecção nos últimos meses indica que a imunidade de rebanho é um fator que contribuiu para a queda do número de novos casos e de mortes em Manaus.

A mortalidade elevada e a queda rápida e sustentada de casos sugerem que a imunidade populacional teve um papel significativo na determinação do tamanho da epidemia em Manaus”, diz trecho do trabalho, que ainda não teve a revisão por pares feita. Porém, não há consenso sobre a proporção de uma população que deve ser infectada com o novo coronavírus antes que a imunidade de rebanho seja alcançada, apontou a pesquisa.

Conheça as Pós-graduações POSFG

As pós-graduações da POSFG são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 600 3720.

Faça sua pós em 90 dias, saiba mais:

Fale Conosco
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp