Mercado de Implantes Cocleares cresce cada vez mais

08/11/2019

Com intuito de conscientizar a população brasileira sobre o cuidado com a saúde auditiva, no dia 10 de novembro é comemorado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez. A exposição ao excesso de ruído pode provocar danos severos as células do ouvido, a consequência disso pode ser a perda da audição, popularmente chamada de surdez. O ensurdecimento pode estar relacionado a fatores genéticos, envelhecimento ou bloqueios físicos. Por isso, é recomendado que se faça uma avaliação audiologia por ano.

O implante coclear é responsável por transformar os sinais acústicos em sinais elétricos, estimulando assim o nervo auditivo das pessoas que o implantaram por conta de problemas auditivos. A avaliação deve ser realizada em conjunto por um médico otorrinolaringologista, um fonoaudiólogo e um psicólogo. Além das indicações médicas e de exames comprobatórios, outras condições também devem ser avaliadas para que o procedimento tenha sucesso, o acompanhamento psicológico é essencial. Os possíveis beneficiários de um implante coclear são pessoas que:

– Tiveram perda auditiva severa nos dois ouvidos;

– Utilizaram diversos aparelhos auditivos e obtiveram poucos benefícios com a perda de qualidade de vida;

– Identificam menos de 50% das frases nos testes auditivos;

– Identificam menos de 70% das frases em testes auditivos, mesmo com o uso de aparelhos auditivos.

Esse tipo de dispositivo auditivo é relativamente novo, os primeiros testes ocorreram a cerca de 50 anos atrás. De lá para cá, o mercado de implantes cocleares vem crescendo cada vez mais. Por exemplo, a Cochlear lançou recentemente um novo processador, o Nucleus VII, possuindo conectividade direta com o Iphone, permitindo a programação sem fio e mapeamento remoto. O processador é ainda menor do que o anterior e com melhores recursos ao usuário.

A Medel apresentou uma nova prótese ósteo-ancorada ADHEAR, que pode ser acoplada na mastoide através de um adesivo. Essas próteses são recomendadas a crianças que ainda não atingiram idade cirúrgica ou a pacientes que por algum motivo não possam se submeter ao processo de implantação de algum dispositivo ósteo-ancorado.

O resultado da operação ainda é variável, alguns pacientes levam anos se adaptando. Após a realização do implante não há muitas restrições no dia-a-dia do indivíduo. Grande parte das atividades podem ser realizada com normalidade.

Conheça as Pós-graduações POSFG

As pós-graduações na área de otorrinolaringologia da POSFG são certificadas pelo Ministério da Educação. A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 600 3720.

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp