11 áreas da medicina com potencial de evolução

 

Que a tecnologia tem influenciado e modificado a forma de se fazer medicina, nós já sabemos. Mas quem é afetado? Quais especialidades possuem tendência de mudança, conforme as alterações que a tecnologia e pesquisas irão propor?

Segundo o Dr. Bertalan Meskó, que possui reconhecimento mundial por trabalhar na área da Medicina Futurista, 11 especialidades médicas possuem potencial de crescimento com a expansão da tecnologia no âmbito da saúde. Em seu artigo, publicado no site Medical Futurist, ele elenca as atividades que tendem a se desenvolverem. Veja quais são:

1. Medicina Generalista

Meskó, que é Diretor do Instituto Médico Futurista, indica que a evolução da tecnológica na medicina fará com que os médicos tenham maior dedicação com o paciente. Isso se deve aos sensores colocados no paciente que vão transmitir para o aparelho celular do médico informações sobre o seu comportamento. Essa ação permitirá ao médico generalista que ele seja um cuidador do paciente, além de facilitar a sua avaliação.

2. Obstetrícia e Ginecologia

Com sensores capazes de monitorar os sinais vitais da gestante e do bebê, além de garantir os cuidados necessários e ações rápidas em caso de necessidade, essa especialidade irá apresentar grande desenvolvimento junto a tecnologia.

3. Radiologia

A supervisão e avaliação dos dados informados por computadores cognitivos, que farão o escaneamento de milhares de imagens diariamente, será um grande avanço. Meskó indica que isso não vai substituir o trabalho humano, mas garantirá tempo para investimentos em pesquisas.

4. Oftalmologia

Novos implantes retinianos e lentes de contato digitais farão essa especialidade ter um grande potencial de crescimento.

5. Medicina Esportiva e Reabilitação

A tecnologia já vem influenciando esta área da medicina há algum tempo. Primeiro, com os aplicativos que focam em pessoas que se exercitam, depois com os apps desenvolvidos para medir a performance de atletas. Assim, a Medicina Esportiva passa a ter dados concretos para avaliar o desempenho dos pacientes.

6. Oncologia

Tumores poderão ser diagnosticados previamente, evitando procedimentos cirúrgicos. A partir disso, Mésko entende que a Oncologia irá ditar os caminhos da medicina personalizada com sequenciamento genético e o estudo sobre biomarcadores que contribuem para este processo.

7. Dermatologia

A Dermatologia também é uma área que já sofre influências dos avanços tecnológicos. Pacientes já enviam imagens da pele para os médicos através de smartphones. De acordo com Mésko, todos ganham, já que os pacientes não vão esperar por atendimento no consultório e o médico consegue resolverá casos simples em menos tempo.

8. Emergência

O tempo é crucial na emergência. Essa área trabalha com respostas rápidas e as inovações tecnológicas ajudam nesse sentido. Drones médicos ajudam no transporte rápido de medicamentos, vacinas e materiais.

9. Gastroenterologia

A nanotecnologia ajudará os gastroenterologistas na análise do estômago e intestinos. Mésko destaca a Pill-Cam, uma micro câmera que pode ser engolida pelo paciente. Com ela, o médico irá visualizar o intestino delgado, esôfago e cólon.

10. Doenças infecciosas

A tecnologia será primordial para o enfrentamento de epidemias. Com a globalização e a facilidade em suas transmissões, a Medicina contará com essa ferramenta seja na conscientização pelo mundo seja nas avaliações dos pacientes.

11. Procedimentos Cirúrgicos

Através de dados, robôs e inteligência artificial, o futuro das cirurgias poderá ser elevado ao nível de precisão e eficiência dos cirurgiões.

E aí, gostou das 11 especialidades que devem sofrer mudanças pela tecnologia? Quer saber isso e muito mais? Siga acompanhando o nosso Blog.

 

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp