Como uma pós-graduação pode te ajudar a ganhar mais?

 

Uma pós-graduação impacta diretamente no salário dos profissionais em diferentes níveis hierárquicos. No caso de profissionais com cargos de coordenação, por exemplo, a qualificação pode aumentar os salários em até 47,4%.

Os dados são da 54ª edição da Pesquisa Salarial, conduzida pela Catho com mais de 2 milhões de profissionais, de mais de 25 mil empresas em 4.063 cidades de todo país. Segundo o levantamento, em cargos de diretoria a diferença salarial entre executivos, que possuem pós-graduação em comparação aos que não possuem essa formação, é de 47,2%.

“As organizações estão em busca de profissionais cada vez mais completos, por isso, investir em educação é o primeiro passo para atingir os objetivos de carreira. O mercado sempre reconhece os profissionais mais bem qualificados”, comenta o gerente da Catho, Fernando Gaiofatto.

E parece que aquela velha máxima de que conhecimento é o seu maior patrimônio tem se tornado cada vez mais atual. Recentemente, o 3º homem mais rico do mundo e maior filantropo do planeta, o investidor Warren Buffett , revelou como conquistou toda a sua fortuna. Pasme-se, não foi em nenhuma bolsa de valores, ação ou título público. Conforme ele, o que o fez alcançar sua fortuna foi, inacreditavelmente, investir nele mesmo. “Invista em você mesmo. Enfrente qualquer que seja a sua dificuldade, e faça agora”, disse Buffett.

Setor público

Bom, mas não é só para quem atua na iniciativa privada que cursar uma pós-graduação pode ser bastante vantajoso financeiramente. Os funcionários públicos também usufruem de vantagens quando se dedicam aos estudos, principalmente se comparado aos colegas que decidem parar de estudar depois de aprovados para o cargo. Você já ouviu falar no adicional de qualificação?

O adicional de qualificação é um benefício a que tem direito o servidor público com qualificação superior à exigida pelo cargo. Ele foi instituído pelas Leis nº 11.416 e 13.317, e deve ser pago aos ocupantes de cargo efetivo em razão dos conhecimentos adicionais adquiridos em curso de pós-graduação (ou de graduação, no caso de técnicos judiciários, cargo de nível médio).

Para conquistar o adicional de qualificação, o servidor público federal ou estadual deve comprovar a escolaridade com apresentação do certificado de conclusão de cada curso para o qual a regra se aplica. Diplomas devem ser apresentados no departamento de recursos humanos da instituição em que estão lotados.

Os pagamentos serão feitos retroativamente, no caso de um diploma já adquirido no momento da efetivação. Essa regra também vale para aposentados e pensionistas que comprovem a escolaridade superior à necessária para o exercício de suas funções enquanto ainda trabalhavam. Caso se trate de um novo diploma, o benefício passará a valer na folha de pagamento do servidor a partir do momento em que for adquirido e terá validade até sua aposentadoria ou exoneração.

 

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp