Diabetes controlado reduz o risco de um infarto ou AVC em 20%

O Dia Mundial do Diabetes, promovido no dia 14 de novembro, traz diversas reflexões sobre os cuidados que precisamos ter com a glicemia. Mas, além disso, o controle do diabetes reflete nas doenças cardiovasculares.

O alerta da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é de que a doença é o terceiro fator de risco para os problemas cardíacos, como infarto e derrame (AVC). Os dados ficam mais claro quando se sabe a posição do Brasil em relação ao diabetes no mundo. Somos o quarto país com a maior incidência, perdendo apenas para os Estados Unidos, Índia e China.

Para controlar a doença, a SBC diz que é preciso tomar a medicação, quando indicada, realizar atividades física e ter uma dieta equilibrada. A Sociedade diz ainda da necessidade de identificar, o quanto antes, o diabetes, pois quanto mais rápido se iniciar o tratamento os riscos de AVC e infarto vão se reduzir.  

A doença se apresenta como Diabetes 1, Diabetes 2 e Diabete Gestacional, sendo o tipo 2 o mais comum. A glicemia é considerada ótima quando está abaixo de 100 e a hemoglobina glicada deve estar entre 5,5 a 6,4%. Se a pessoa estiver acima deste nível já é considerado diabético e deve procurar um médico.

A importância do diabetes controlado para o coração é tanta que, só de reduzir em 1% a hemoglobina glicada já é possível diminuir o risco cardiovascular em 20%, segundo a SBC.

Sobre a doença

O Diabetes é o aumento dos níveis de açúcar no sangue (níveis glicêmicos), conhecido como hiperglicemia. As pessoas que mais correm risco de desenvolver a doença são pessoas com idade acima dos 45 anos, familiares próximos com diabetes, sobrepeso ou obesidade, sedentarismo, pressão alta, colesterol elevado ou uso de medicações que aumentam a glicose nos sangue.

Os sintomas mais comuns são muita sede, rápida perda de peso, muita fome, cansaço inexplicável, grande vontade de urinar, dificuldade para cicatrização, infecções frequentes, visão embaçada e falta de concentração.

A SBC orienta seguir uma vida mais saudável, para evitar a doença como, praticar exercícios físicos; manter o peso, evitando a obesidade; alimentar-se com pouco sal, sem frituras e com mais frutas, verduras e legumes; reduzir o consumo de álcool; abandonar o cigarro; evitar o estresse; e ter mais tempo para a família, os amigos e o lazer.


Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp