Saiba por que os riscos ocupacionais devem ser classificados e mapeados

 

Risco ocupacional é a possibilidade de um trabalhador sofrer algum dano em suas atividades profissionais. Nesse contexto, podemos compreender danos como acidentes ou doenças resultantes do ambiente de trabalho ou da ocupação exercida.  Um ambiente de trabalho é considerado danoso quando expõe o funcionário a ruídos, vibrações, gases, vapores, iluminação inadequada, entre outros. Cada empresa e cada cargo oferecem seus riscos. Por exemplo, em indústrias que utilizam máquinas e equipamentos, os perigos normalmente estão ligados às máquinas.

 

Como identificar riscos ocupacionais?

O Ministério do Trabalho classifica os riscos ocupacionais de acordo com sua natureza: física, química, biológica, ergonômica ou acidental. Assim, eles podem ser operacionais (riscos para acidente), comportamentais ou ambientais (físicos, químicos ou biológicos, ergonômicos). Cada tipo é identificado por uma cor, o que acarreta a facilidade de realizar a sinalização, que contribui para a segurança do trabalhador.

  • Grupo 1: tem a cor verde e se refere aos riscos físicos, como ruídos, vibrações, radiações ionizantes, frio, calor, pressões anormais e umidade.
  • Grupo 2: corresponde à cor vermelha, que são os riscos químicos, como poeiras, fumos, névoas, neblinas, gases, vapores e substâncias compostas ou produtos químicos que podem prejudicar a saúde do trabalhador.
  • Grupo 3: é titulado com a cor marrom, que abrange os riscos biológicos: vírus, bactérias, protozoários, fungos, parasitas e bacilos.
  • Grupo 4: recebe a cor amarela, que engloba os riscos ergonômicos, tais como esforço físico excessivo, levantamento e transporte de peso exagerados, exigência de postura inadequada, controle rígido de produtividade, trabalho noturno, jornadas de trabalho extensas, monotonia e repetitividade, entre outras situações que se ligam ao estresse físico ou psicológico do trabalhador.
  • Grupo 5: é definido como azul e se compõe de riscos de acidentes causados por conjuntos físicos inadequados, máquinas e equipamentos sem proteção, ferramentas inapropriadas, iluminação incorreta, eletricidade, probabilidade de incêndio ou explosão, armazenamento inadequado, entre outras incontáveis situações de risco que poderão contribuir para ocorrência de acidentes no ambiente de trabalho.
Fonte: NR12 Sem Segredos

 

O que é um mapa de riscos ocupacionais?

O mapa de riscos é uma representação gráfica da empresa, que mostra todos os locais de risco à saúde do trabalhador. Ele é feito para, primeiramente, analisar o ambiente e gerar diagnósticos. A partir disso, é possível determinar medidas de prevenção ou anulação dos referidos riscos. Também serve para manter os colaboradores da empresa informados, incentivando-os a participarem das ações de precaução.

O mapa é feito conforme o layout do local, e os riscos são indicados por círculos de cores diferentes, de acordo com o nível de riscos que vimos anteriormente. O tamanho dos círculos varia de acordo com o tamanho do risco no local, sendo pequeno, médio e grande.

 

mapa-de-riscos-medicina-do-trabalho
Fonte: Nestor W. Neto

 

 

Os conceitos e imagens foram retirados dos blogs Segurança do Trabalho nwn e NR12 Sem Segredos.

 

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp