Conheça 5 inovações tecnológicas aliadas da dermatologia

As inovações da tecnologia permitem que os médicos usem a telemedicina, prontuário eletrônico e robótica como aliadas ao atendimento e atuação na dermatologia.

Segundo o livro The Guide to the Future of Medicine, logo a inteligência artificial conseguirá gerenciar todo o sistema de saúde.

Hospitais tradicionais, segundo 57% das pessoas, serão obsoletos no futuro. 84% das pessoas estariam dispostas a compartilhar seus dados de saúde para que a Medicina avance e alcance custos mais baixos. 72% das pessoas gostariam de consultar por Telemedicina. 66% das pessoas preferem um tratamento personalizado baseado em seu perfil genético.”

Confira abaixo como o dermatologista pode usar a tecnologia como aliada no atendimento dermatológico.

Qual a importância de ter a tecnologia aliada à dermatologia?

De acordo com a OMS, Organização Mundial da Saúde, entre 2 e 3 milhões de cânceres de pele não-melanoma e 132.000 cânceres de pele melanoma são diagnosticados mundialmente todo ano.

Mais de 8 bilhões são gastos no tratamento do câncer anualmente, e esse custo só não é maior por conta dos avanços da tecnologia.

Com as tecnologias digitais voltadas para a dermatologia, o diagnóstico se tornou mais precoce e o tratamento mais efetivo. As cirurgias também ficaram menos invasivas e mais ágeis.

Se os dermatologistas investirem em atualização profissional e no melhor da tecnologia, é possível utilizar os avanços para melhorar o atendimento ao paciente. Veja alguns exemplos!

5 exemplos da tecnologia aliada à dermatologia

1. Robôs dermatológicos

Os  robôs estão revolucionando cada vez mais a Medicina, entre eles, podemos citar o Vectra WB360, que faz um mapeamento completo da pele do paciente.

Ele consegue escanear o corpo humano com uma visão 360º e identificar qualquer tipo de mancha ou lesão.

Os robôs mostram um grande potencial dentro da dermatologia, ajudando não apenas no mapeamento, mas no tratamento com terapias a laser.

Isso é possível porque os braços robóticos conseguem trazer mais precisão e eficiência para o uso dos lasers, sendo mais assertivo do que um tratamento manual comum.

O dermatologista pode controlar os braços robóticos em uma posição ergonomicamente confortável e proporcionar uma experiência melhor para o paciente, ao mesmo tempo com mais qualidade no trabalho.

2. Telemedicina

O avanço da tecnologia permite que os pacientes façam um mapeamento da pele com os smartphones. Ao invés de precisarem ir até a clínica, eles podem fazer o exame em casa e enviar os resultados.

Dessa forma, eles vão até o dermatologista apenas nos casos realmente necessários, e o profissional de saúde consegue focar seu tempo em quem realmente precisa de ajuda.

3. Regeneração

Alguns danos demoram muito tempo para serem curados na pele, até mesmo para formarem cicatrizes. Até o avanço da tecnologia, acelerar o processo de cura era impossível.

Porém, atualmente é possível utilizar spray de células da pele para otimizar o tratamento de úlceras na perna. Com o auxílio das bandagens de compressão, o tempo de cura diminui drasticamente.

Também há a ACell’s MatriStem, uma matriz extracelular que ajuda na construção de tecidos e já reconstruiu um dedo amputado em 2010.

4. Prontuário eletrônico

Seja um dermatologista que atua em clínica, consultório, hospital ou ambulatório, o prontuário eletrônico é uma tecnologia que consegue ajudar em qualquer momento, de qualquer lugar.

Diferente do prontuário de papel, que é facilmente perdido, rasurado e acessado por pessoas não autorizadas, o prontuário eletrônico tem uma excelente segurança de dados e centraliza as informações.

Ou seja, além de ser mais prático e fácil de usar, também facilita o atendimento, bem como diagnóstico, já que todo o histórico do paciente fica disponível em um único local.

5. Impressoras 3D

Quando um paciente precisa de um transplante de órgão, depende de um doador e usualmente precisa esperar um longo tempo na fila de espera por transplante.

Com a popularização das impressoras 3D, várias pesquisas de criação de órgãos artificiais estão em andamento.

A tecnologia é a resposta para diversos problemas do sistema de saúde. Cabe aos médicos, como os dermatologistas, atualizarem seus conhecimentos e saber como utilizá-la da melhor forma.

Fonte: https://pebmed.com.br/tecnologia-aliada-dermatologia/

 

Conheça as Pós-graduações POSFG

POSFG conta com cursos em diferentes áreas do conhecimento. Todas as pós-graduações da POSFG são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 630 3720 ou (11) 3014-0384 (WhatsApp).

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Fale Conosco
    X
    Nós ligamos para você!

      Whatsapp