Dia Nacional da Prevenção ao Acidente de Trabalho

A cada 3 horas e 37 minutos, um brasileiro perde a vida por conta de um acidente no local de trabalho. Quando não resultam em morte, na maior parte dos casos, eles deixam o trabalhador impossibilitado de exercer as funções.

Assim, nos últimos seis anos, os brasileiros perderam 318,4 mil dias de trabalho, o que leva o país a ocupar o quarto lugar no ranking entre os que mais vitimam trabalhadores. Situação que gera custos altos. De 2012 a 2018, o Brasil já gastou R$ 27,3 bilhões com acidentes.

Os dados são do Ministério Público do Trabalho e assustam. Justamente para tentar reduzir esses índices é que foi criado o dia Nacional da Prevenção ao Acidente de Trabalho, lembrado hoje, 27 de julho. O marco tornou-se oficial em 1972, depois de regulamentada a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho.

No início da década de 70, a iniciativa do Banco Mundial em cortar os financiamentos para o Brasil, caso o quadro de acidentes de trabalho não fosse revertido, resultou na publicação das portarias nº 3236 e 3237, em 27 de julho de 1972. Segundo estimativas da época, 1,7 milhão de acidentes ocorriam anualmente e 40% dos profissionais sofriam lesões. Desde então, um conjunto de medidas legislativas tem sido elaboradas para garantir proteção e direitos aos trabalhadores.

A data busca alertar empregados, empregadores, governos e sociedade civil para a importância de práticas que reduzam o número de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, promovam um ambiente seguro, e práticas saudáveis em todos os setores produtivos.

Diante desse cenário, o médico do Trabalho é o profissional que tem o dever de atuar visando essencialmente a promoção e a proteção da saúde dos trabalhadores.

A POSFG está com inscrições abertas para quem tem interesse e deseja se qualificar na área. Novas turmas do nosso curso de Medicina do Trabalho estão sendo formadas em MG, RJ, PB, PR, RS, DF, SP, PA e GO. Para saber mais informações, entre em contato pelo 0800 600 37 20.

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp