Transtornos da sexualidade afetam a vida de milhares de brasileiros

Publicado em 28/08/2018

Muita gente não dá a atenção devida ao assunto, mas segundo os especialistas, problemas sexuais afetam a autoestima, aumentam a insegurança no relacionamento e dificultam a aproximação de outras pessoas, já que o sexo passa a ser um momento de tensão.

Sexo é saúde, e saúde também é sexo. Esse conceito já é reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tanto que a sexualidade está oficialmente entre os critérios para se avaliar a qualidade de vida de um indivíduo.

Só que tanto para homens quanto para mulheres, esse momento que deveria ser de prazer se transforma em pesadelo por conta de alguns distúrbios.

No caso dos homens, por exemplo, estima-se que a ejaculação precoce, quando o homem não consegue controlar a ejaculação, afete um em cada quatro brasileiros.

 

Já 48% das mulheres , conforme uma pesquisa feita pelo Programa de Estudos em Sexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, apresentam alguma queixa sexual ao longo da vida, e o tempo que elas demoram, em média, para buscar ajuda clínica é entre três e quatro anos.

Além disso, a sensação de não se alcançar uma vida sexual satisfatória está muitas vezes associada a transtornos da sexualidade.

Os transtornos da sexualidade são distúrbios qualitativos ou quantitativos do instinto sexual, também chamados de parafilias, podendo existir como sintoma numa perturbação psíquica, como intervenção de fatores orgânicos glandulares e simplesmente como questão da preferência sexual.

Esses desvios da atividade sexual podem estar presentes em qualquer indivíduo em estado latente, sendo desencadeados por situações externas, tóxicas (álcool, drogas ilícitas), fisiológicas (puberdade, menopausa) e patológicas.

Exemplos deles são:

Anafrodisia; Frigidez; Erotismo; Auto-erotismo; Anorgasmia; Erotomania; Frotteurismo; Exibicionismo; Narcizismo; Gerontofilia ou Cronoinversão; Dolismo; Donjuanismo; Travestismo; Pedofilia; Riparofilia; Necrofilia; Mixoscopia ou Voyerismo; Lubricidade Senil; Fetichismo; Vampirismo; Bestialismo; Sadismo; Masoquismo; e, podem acreditar, outros mais.

Esses transtornos podem ser identificados quando a dificuldade sexual causa estresse, angústia ou incômodo. Pode ser dor durante a relação ou dificuldade para ficar excitada.

 

Ligamos para você!
0800 600 3720
Central de Matrículas
X
Nós ligamos para você!
Whatsapp